O dia 25 de julho, de acordo com a cultura Maia, é conhecido como o “dia fora do tempo”. Mas você sabe o que isso significa?

Os Maias construíram uma grande civilização na era pré-colombiana, na região da América Central, entre o ano 1000 a.C. até seu ápice durante o período clássico (250 d.C. a 900 d.C.). Foram quase dois milênios de existência e muitos de seus ensinamentos resistem até hoje – sendo o calendário Maia um dos mais famosos. 

De acordo com essa tradição, o dia 25 de julho é o último dia do ano galáctico no calendário maia. Eles contavam 13 luas de 28 dias em um ano = 364 dias. O dia extra, o 365º dia é 25 de julho, ou seja, o dia fora do tempo.

Sendo assim, o Dia Fora do Tempo é celebrado por pessoas de todas as culturas que reconhecem a importância de uma contagem natural do tempo. Trata-se de um dia de reverência e respeito pela vida, de dedicação à beleza do tempo eterno. Resumindo, trata-se de um dia para reconhecer a importância do nosso tempo.


O tempo é arte

O calendário Maia respeita os aspectos femininos da natureza e os integra na contagem do tempo. O calendário de 13 luas também funciona perfeitamente com a contagem sagrada de 260 dias dos maias e outros povos mesoamericanos através da proporção de 13:20, ou seja: 13 x 20 = 260 dias, que é a duração média de um período de gestação humana, por isso, este calendário é capaz de nos sintonizar com o nosso ambiente.

O que fazer nesta data?

Esta é uma data muito especial porque os maias consideravam este dia como um marco espiritual para iniciar o processo evolutivo da humanidade. É considerado um momento de grande intensidade energética, em que os seres da Luz trabalham para nos alinhar com a harmonia do universo, em suas várias dimensões de tempo e espaço.

Assim como comemoramos a passagem de ano no dia 31 de dezembro, o dia 25 de julho traz uma energia espiritual com uma abertura de portais que permitem uma conexão com o mundo espiritual de forma bem mais intensa.

O dia 25 de julho é um dia para mudar, reciclar, reavaliar padrões e deixar ir tudo que não nos serve mais, para que o novo ciclo comece sem o peso das dores, vícios e sofrimentos carregados até então.

Você pode aproveitar esta data para praticar a oração do perdão, que é uma excelente forma de recomeçar um novo ciclo, afinal, perdoar é um dos caminhos mais rápidos para a evolução e expansão da consciência. Você pode ainda fazer um ritual ou simplesmente uma oração, pedindo que essas energias cuidem da sua vida, lhe trazendo proteção.

Então, no dia 26 de julho começa um novo ciclo, trazendo a energia de renovação e purificação interior, com grande impacto em nossos corpos espirituais, principalmente os emocionais.

Para entender melhor sobre a data, confira essas dicas de leitura:


Nota de transparência: os produtos apresentados nesta matéria são selecionados de forma independente. No entanto, quando você compra algo por meio de nossos links, podemos ser remunerados por uma pequena comissão.

Equipe Eleve-se

Sobre Equipe Eleve-se

Somos a equipe de redatores do Eleve-se e estamos sempre em busca de novidades e assuntos interessantes para você. Quer sugerir um tema? Mande uma mensagem para o e-mail contato@eleve-se.com.br

Postagens Relacionadas